Quanto do teu génio na ponta dos teus dedos?

Era Sexta-feira. Mais uma outra sexta-feira ao acaso.Manhã, de sol tímido, dia de almoço lá perto, bem perto, perto de mais.E a Era em que hoje vivemos, da tecnologia suprema, da acessibilidade absoluta, permite que muitas vezes tenhamos conhecimento das coisas da vida, em locais e momentos que roçam o inusitado.Assim foi no passado dia […]