Carta aberta ao Fernando, que nunca a vai ler

Fernando Faria

Conheci-te em 2010, quando entrei para a SIC..A empatia foi imediata, também porque eras fácil, muito fácil de se adorar. Dava gosto estar contigo. Ouvir as tuas histórias. 1As aventuras incríveis que tinhas vivido ao longo da tua vida profissional. Vou lembrar-me sempre de Timor e daquilo que contavas ter vivido por lá.Caramba, metade dos jornalistas […]