Princípios Básicos de Uma História Incrível – Modelo Pixar

59.00

6 Perguntas a Que Precisas de Responder
Antes de Começares a Criar Conteúdos

  1. Passas a vida a perder tempo útil e a abrir dezenas de separadores no Chrome ou Firefox com artigos que nunca mais lês?
  2. A falta de capacidade de criar conteúdos interessantes que prendem a atenção das pessoas está a provocar-te ansiedade e a deixar-te com vergonha por não seres capaz de o fazer?
  3. Sentes uma frustração crescente e um estado permanente de esgotamento por não seres capaz de criar posts a que as pessoas reagem?
  4. De cada vez que te sentas em frente ao computador para escrever um post, acabas por bloquear e desistir por achares que ninguém vai ler o que escreves?
  5. Sentes que és uma fraude e que nunca vais poder olhar para ti e dizer que és escritor ou escritora, porque não consegues sequer contar uma história de algo que viveste?
  6. Acreditas que não dás mais do que isto e que nunca vais ter as oportunidades com que sonhas no mundo do Marketing e da Publicidade, ou no mundo da Comunicação, porque não és capaz de contar a tua própria história? 
  7.  

Se respondeste que não a todas estas perguntas…

Parabéns, podes fechar esta página!

Mas se disseste que sim com a cabeça e queres, de uma vez por todas, começar a fazer as coisas de forma diferente, a provocar mais impacto com o que escreves e a cativar as pessoas com textos envolventes, emotivos e capazes de despertar emoções em quem te lê… 

Continua a fazer scroll!

Olá, o meu nome é Martim Mariano!

CRIATIVO, ESCRITOR, COPYWRITER & CRIADOR DA TUDO BEM ESCRITO

Há mais de 10 anos que me dedico de alma, coração (e com o resto do corpo todo, vá) a procurar as melhores formas de comunicar com o público no mundo digital.

Aquilo que começou como um gesto de sobrevivência e uma busca incessante por um futuro melhor que me salvasse da vida dura e desgastante que é a de um jornalista, transformou-se numa paixão e, mais do que isso, numa missão de vida ajudar o meu país a comunicar melhor.

Em 2017 sentia-me perdido e sem saber o que fazer para mudar o que quer que fosse na minha vida. Vivi desmotivado e sem interesse em nada durante tempo demais.

Até que, em julho desse ano, tracei uma estratégia para o LinkedIn e ao fim de pouco tempo a minha vida começou a mudar. 

Porquê? Porque comecei a reescrever a minha história e a partilhá-la com todas as pessoas que me começavam a seguir, semana após semana.

Hoje são quase 17.500 pessoas a seguir-me no LinkedIn e perto de 1.600 subscritores da minha newsletter. 

E isto não é aquela treta moralista e inspiradora só para te fazer carregar no botão e abrires os cordões à bolsa. É a verdade nua e crua dos factos.

Houve uma constante nestes 5 anos — NUNCA PAREI de contar histórias que apaixonam e aproximam as pessoas do Martim. Como?

Seguindo modelos de Storytelling que fui aprendendo e pondo em prática, como é o caso do modelo de uma empresa relativamente conhecida chamada PIXAR — é possível que já tenhas ouvido falar neles… 😅

E é isso que quero partilhar contigo. 

As fórmulas que aprendi e pus em prática ao longo destes anos e que me fizeram:

  1. Sair da SIC e mudar para um agência de Marketing Digital;
  2. Arranjar emprego numa das maiores agências de publicidade do mundo;
  3. Despedir-me e lançar-me como freelancer 3 meses depois…
  4. Criar a minha própria agência e convencer a minha mulher a juntar-se a mim.
  5. Estar hoje a subcontratar antigos alunos dos meus workshops para conseguir responder a todos os pedidos e solicitações que nos chegam.

Chegou a hora de também tu poderes ver que isto não é uma miragem ao alcance dos pré destinados, ricos e fabulosos. 

Até porque eu sou só um gajo careca que gosta de escrever, contar histórias e que trabalha pra caraças.

Já trabalhei com marcas como

Martim, este workshop é para mim?

  • Se te formaste em Marketing e Comunicação há pouco tempo e acabaste de entrar no mercado de trabalho, vieste ao sítio certo.
  • Se queres começar a criar conteúdos de forma eficaz e envolvente e atrair a atenção das pessoas com histórias que as obrigam a parar de fazer scroll, isto é para ti.
  • Se acreditas que tens jeito para comunicar, vontade de aprender e que só precisas de perceber por onde começar, este é o teu momento.
  • Se tens o bichinho da comunicação e adoras uma boa história, mas ainda não te sentes à vontade para o fazeres em público, vem daí.
  •  

O que vais aprender?

  • Vais descobrir a fórmula de sucesso que é comum à grande maioria das histórias da PIXAR que encantam milhões de pessoas pelo mundo fora.
  • Vais aprender a olhar para o Storytelling como uma ferramenta e não como uma arte impossível de dominar. 
  • Vais conhecer técnicas de eficácia comprovada e que vão melhorar muito a forma como comunicas online. 
  • Vais perceber que não tens de sofrer na hora de escolher os temas sobre os quais vais falar, porque há técnicas, fórmulas e truques de que te podes socorrer quando o pânico se instalar.

No final deste workshop vais...

  • Ser capaz de encontrar soluções para os teus bloqueios criativos
  • Descobrir a melhor forma de gerires o teu impulso criativo… e se não conseguires, pelo menos sabes que fizeste o melhor que podias e sabias e que o mundo vai continuar a existir amanhã.
  • Reconhecer que o Storytelling é uma ferramenta incrível e muito poderosa e que, se for bem utilizada, pode mesmo trazer-te resultados com que nunca sonhaste e encantar a tua audiência (a que tens e a que esperas vir a ter). 
  • Aprender a comunicar com aquela que é uma das ferramentas mais poderosas e incríveis que tens ao teu dispor.

Desde que comecei a contar as minhas histórias no mundo digital já...

  • Fui convidado para ser orador em eventos espalhados por todo o país;
  • Dei formação de Norte a Sul de Portugal e também nas ilhas;
  • Trabalhei com marcas impressionantes;
  • Ajudei milhares de pessoas a comunicar melhor;
  • Montei o meu próprio negócio;
  • Tornei-me sócio da minha mulher;
  • Comecei a escrever 1 livro que vai ser lançado em 2023 pela Porto Editora.

E a história continua!

O que dizem as pessoas que já participaram nos meus workshops?

. . .